Blog da Suzane Carvalho

Categoria : DICAS DE PILOTAGEM

Uma dica vale muitas vidas. Semana Nacional do Trânsito.
Comentários 1

Suzane Carvalho

Fotos: Thiago Pinheiro

uma-dica-vale-muitas-vidas_semana-nacional-do-transito-2016_ctpsc_suzane-carvalho_09

Lembro a primeira vez que subi em cima de uma moto para pilotá-la e me deram algumas dicas.  Dicas essas que levo comigo até hoje.  E olha que isso foi há 40 anos. De lá para cá, foram mais de 2 milhões de quilômetros rodados em cima de motocicletas.  Viagens, testes, corridas, passeios, e, claro, para minha mobilidade do dia a dia.  E nunca caí.  Mas sim, já fui derrubada; por motoristas que ultrapassaram ao semáforo ou brigavam no trânsito, “costurando” por entre os carros ou desatentos.

Nesses 13 últimos anos em que ministro cursos e palestras em meu Centro de Treinamento de Pilotos, desenvolvi metodologias de forma personalizada para que cada motorista ou motociclista pudesse aprimorar suas habilidades pessoais e, em conjunto com os demais, se conscientizem da necessidade de se dividir o espaço público com cordialidade e respeito, atingindo o nosso destino em paz e, principalmente, íntegro.

E mais: frequentei os mais diversos cursos de colegas, sempre importantes para aprendermos mais e praticarmos nossa habilidade, mesmo que não estejamos 100% de acordo com o que o instrutor pensa.

O simples fato de você passar adiante o conhecimento ou dar alguma dica, pode fazer com que a pessoa escape de um acidente grave e não se machuque.

As dicas que aqui estão são para serem difundidas e divulgadas.  Sinta-se à vontade para copiar e compartilhá-las. E é como sempre digo: é como uma oração: “repete, repete, que pega”.

Aproveite a Semana Nacional do Trânsito para realizar algumas ações que possam ajudar a diminuir o índice de acidentes.

#SemanaNacionalDoTransito

uma-dica-vale-muitas-vidas_semana-nacional-do-transito-2016_ctpsc_suzane-carvalho_01

 

uma-dica-vale-muitas-vidas_semana-nacional-do-transito-2016_ctpsc_suzane-carvalho_02

 

 

uma-dica-vale-muitas-vidas_semana-nacional-do-transito-2016_ctpsc_suzane-carvalho_07

 

uma-dica-vale-muitas-vidas_semana-nacional-do-transito-2016_ctpsc_suzane-carvalho_08

 

uma-dica-vale-muitas-vidas_semana-nacional-do-transito-2016_ctpsc_suzane-carvalho_06

 

uma-dica-vale-muitas-vidas_semana-nacional-do-transito-2016_ctpsc_suzane-carvalho_05

 

uma-dica-vale-muitas-vidas_semana-nacional-do-transito-2016_ctpsc_suzane-carvalho_04

 

uma-dica-vale-muitas-vidas_semana-nacional-do-transito-2016_ctpsc_suzane-carvalho_03


Projeto “Pilotar Bem” atinge motociclistas experientes e em formação
Comentários 1

Suzane Carvalho

curso-moto-piracicaba_turma02_ctpsc_suzane-carvalho_07c_1500

Com turmas de até 40 motociclistas, é possível dar atenção especial a cada um

Cursos de pilotagem teóricos e práticos gratuitos para motociclistas novatos e também para os experientes, de motos de qualquer tamanho e cilindrada. Conscientizar motociclistas e motoristas da necessidade de se praticar a habilidade e da importância da concentração e do compartilhamento do espaço público.  Esse é o objetivo do Projeto Pilotar Bem que o Centro de Treinamento de Pilotos Suzane Carvalho – CTPSC – está desenvolvendo desde o início do ano.

curso-moto-piracicaba_turma01_ctpsc_suzane-carvalho_26_1200

Técnicas de aprimoramento da pilotagem

Quem está à frente do projeto é a diretora técnica do CTPSC, Suzane Carvalho, multi-campeã no motociclismo e no automobilismo, e que há 13 anos ministra cursos avançados e palestras sobre Direção Defensiva para empresas e particulares.

Para realizar o projeto, que oferece os cursos e palestras de forma gratuita para os participantes, o CTPSC tem o apoio institucional da ABRACICLO – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – o que ajuda a abrir o caminho para fechar parcerias com Prefeituras, Secretarias de Trânsito e Transporte, Universidades, kartódromos e empresas de diferentes cidades, para a formação de um pool de apoiadores.  Dessa forma, não fica custoso para ninguém e é possível atingir um número maior de condutores.

curso-moto-piracicaba_turma02_ctpsc_suzane-carvalho_32

Treinamento de curvas de alta velocidade

O jornalista Marcel Mano, que também é colaborador do CTPSC, destaca: “O interessante dos nossos cursos práticos é que são de nível avançado. Muitos motociclistas rodam por anos, sem aprender determinadas técnicas que são mostradas e praticadas nos cursos”.

curso-moto-piracicaba_turma01_ctpsc_suzane-carvalho_80_1200

Obstáculos, quebra-molas e depressões são barreiras que um motociclista encontra em seu dia a dia

Jurandir Barros, instrutor júnior do CTPSC, observa: “se percebe muito a diferença de pilotagem depois que corrigimos algo em um participante. A própria pessoa reconhece e vem falar com a gente. Mesmo quem faz somente o teórico, pode desenvolver e aprimorar a pilotagem.”

Da mesma forma que um piloto profissional precisa praticar, quase que diariamente, para manter o reflexo e a concentração, além de aprender a dominar seu veículo, motociclistas e motoristas comuns também precisam, pois quando acontece uma emergência é preciso ter reação rápida e precisa, o que não se treina no dia a dia.

“Qualquer treinamento, seja prático ou teórico, é preciso ser repetido quantas vezes for possível.  Principalmente o lado psicológico.  É como uma oração: repete, repete, que pega!”, indica Suzane.

curso-moto-piracicaba_turma01_ctpsc_suzane-carvalho_47_1200

Outra atividade que o CTPSC tem realizado, são as palestras em Centros de Formação de Condutores que têm sido mais proveitosas do que se poderia imaginar.  A aceitação por parte do público é grande, pois além de mostrar a parte técnica de pilotagem e dos veículos, Suzane mostra também o quanto é prazeroso utilizá-los de forma consciente, de forma que se atinja o destino em segurança; seja em viagem, lazer, trabalho, mobilidade ou esporte. As palestras são motivacionais e são mostrados trechos de vídeos de viagens e corridas realizadas por ela.

palestra_cfc-paulista_27-06-2016

Turma de formandos do Centro de Formação de Condutores Paulista, em São Paulo

curso-moto-piracicaba_turma02_ctpsc_suzane-carvalho_28

Desvios em alta velocidade, simulando situações corriqueiras que um motociclista encontra em rodovias

Outro tema abordado é sobre a conscientização da necessidade de se utilizar o equipamento completo para diminuir a probabilidade de se ter alguma lesão, caso ocorra algum acidente.

“Sempre pedimos aos nossos alunos, que sejam multiplicadores do que aprendem conosco e estamos desenvolvendo o projeto “Train The Trainer” para habilitar um maior número de instrutores e disseminar a metodologia.  Tenho por objetivo ter nosso próprio terreno onde possamos realizar os cursos e palestras diariamente, e também abrir espaço para que as crianças pratiquem gratuitamente, tanto em duas quanto em quatro rodas.” finaliza Suzane.

 

 

curso-moto-piracicaba_turma01_ctpsc_suzane-carvalho_84

Turma do Curso Avançado de Pilotagem de Moto realizado na FUMEP, em Piracicaba, interior do estado de SãoPaulo

Assista aqui a alguns vídeos do Curso Avançado de Pilotagem de Moto:

  

curso-moto-piracicaba_turma02_ctpsc_suzane-carvalho_04

A equipe do CTPSC

curso-moto-piracicaba_turma01_ctpsc_suzane-carvalho_53_resize

curso-moto-piracicaba_turma01_ctpsc_suzane-carvalho_37_resize

curso-moto-piracicaba_turma01_ctpsc_suzane-carvalho_32_1200

curso-moto-piracicaba_turma02_ctpsc_suzane-carvalho_60

 

 

 

 

 

 

 

 

 

curso-moto-piracicaba_turma02_ctpsc_suzane-carvalho_42

curso-moto-piracicaba_turma02_ctpsc_suzane-carvalho_44

 

 

 

 

 

curso-moto-piracicaba_turma02_ctpsc_suzane-carvalho_47

curso-moto-piracicaba_turma02_ctpsc_suzane-carvalho_20

 

 

 

 

 

 

 


Confirmados os cursos gratuitos de pilotagem de moto em Piracicaba
Comentários COMENTE

Suzane Carvalho

Curso Avançado de Pilotagem de Motos

Curso Avançado de Pilotagem de Motos

Após terem sido adiados por causa das fortes chuvas e enchentes que atingiram a cidade, os Cursos Avançados de Pilotagem de Moto gratuitos que serão ministrados pela piloto Suzane Carvalho, em Piracicaba, interior de São Paulo, foram reagendados para os dias 08, 09 e 10 de julho.

Oferecidos pela Prefeitura de Piracicaba, pela Secretaria de Trânsito e Transportes local, a SEMUTTRAN, pela Aversa Motos, concessionária Honda, e pela FUMEP – Fundação Municipal de Ensino, em conjunto com o Centro de Treinamento de Pilotos Suzane Carvalho, os cursos têm como objetivo, difundir a pilotagem avançada de motocicletas para que com isso, os participantes possam estar preparados para manobras rápidas e de emergência.

ctpsc_curso_moto_foto_caio-mattos_LI7A0355_1000

Recente pesquisa realizada pela Abraciclo em conjunto com o Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Hospital das Clínicas e CET, mostrou que em 37% dos acidentes que ocorrem com motocicletas, o motociclista é o culpado; sendo os outros 63% de responsabilidade de outros motoristas, veículos e vias. A pesquisa mostra ainda que dos motociclistas acidentados,  67% aprenderam a pilotar sozinhos e 45% tinham motocicleta há menos de 2 anos. “Os pilotos que tiverem a oportunidade de participar dos nossos cursos terão como missão difundir as técnicas que aprenderem para outros motociclistas, e a conscientização, também para outros motoristas.  Nosso objetivo é que esses motociclistas atinjam a excelência em pilotagem, e sejam multiplicadores da pilotagem segura e da conscientização de que, no trânsito é preciso ter respeito ao próximo e cordialidade, pois somente dessa forma conseguiremos diminuir o índice de acidentes”, declara a Diretora Técnica do Centro de Treinamento de Pilotos e instrutora, Suzane Carvalho.

ctpsc_curso_moto_foto_caio-mattos_LI7A9817_resize

A Prefeitura de Piracicaba, cidade que dista 160 km da capital São Paulo, foi a primeira a entrar no “Projeto Pilotar Bem”, que visa disseminar as técnicas avançadas de pilotagem para que os motociclistas fiquem mais bem preparados para enfrentar situações de emergência.
Outras cidades já estão em negociação, faltando acertar apenas as datas, como Sorocaba onde os parceiros serão a URBES e a UNISO, Presidente Prudente (Rádio 101 FM e Cremone Motos) e Campinas, onde o Kartódromo Itália Kart abraçou o projeto.
O Circuito dos Cristais, autódromo que será inaugurado em Curvelo, no mês de setembro, também já mostrou interesse em participar do projeto.

O Centro de Treinamento de Pilotos tem o apoio institucional da ABRACICLO – Associação dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares.

“Da mesma forma que os pilotos de competição, todos os motociclista e também os motoristas, precisam treinar pra que entendam como dominar bem seus veículos no caso de uma emergência e manobra rápida. Essa prática é fator determinante para se evitar acidentes”, completa Suzane.

Serão dois cursos práticos de pilotagem avançada, para 40 motociclistas cada, nos dias 09 e 10 de julho, das 09:00 às 17: 00 horas no estacionamento da FUMEP.
Na sexta-feira, dia 08, às 19 horas, será realizada no auditório da FUMEP, uma palestra que será aberta a todos que quiserem participar.
Todos GRATUITOS.
As inscrições são realizadas na Aversa Motos, na Av. Comendador Luciano Guidottin° 1.439. Tel – (19) 3401-2222
Informações pelo e-mail info@centrodepilotos.com.br.

 

logos ficha inscricao


Triumph cria curso exclusivo para donos de motos café racer
Comentários COMENTE

Suzane Carvalho

thruxtonr_riding_shot005

O Triumph Riding Experience, programa de relacionamento da marca inglesa com seu público, acaba de apresentar novos módulos de treinamento para atender às novas demandas e exigências do público. Com a nova estrutura de cursos, clientes de todas as marcas e de todos os estilos de moto poderão se beneficiar de treinamentos específicos para a categoria de motocicleta que possuiu.

Com a chegada da nova linha de clássicas da Triumph, composta por quatro modelos (Street Twin, Bonneville T120, Bonneville T120 Black e Thruxton R), uma das novidades do Triumph Experience é um curso específico para as necessidades do público desse segmento. O “Curso para café-racer” será realizado no Haras Tuiuti, em Tuiuti (SP), cerca de 100 km de São Paulo, com um dia de duração. O circuito do local, com 2.500 metros de extensão, é excelente para este tipo de treinamento.

“O novo curso vai atender os clientes que buscam por uma pilotagem defensiva neste perfil de motocicleta, mas sem esquecer do DNA esportivo que esses modelos carregam, especialmente aos futuros donos da novíssima Thruxton R e das inúmeras café-racer criadas por todo o Brasil. Será um dia de muito aprendizado e diversão, mantendo o alto padrão de atendimento e segurança que a marca exige, com turmas reduzidas e instrutores certificados”, afirma Pablo Berardi, instrutor-chefe do Triumph Riding Experience.”

Além disso, o Triumph Experience também desenvolveu o módulo “Performance”, com a finalidade de atender uma grande demanda de proprietários de motos esportivas e naked que querem sentir a sensação de pilotar em um circuito com toda segurança e técnica que essa prática exige. Orientado para proprietários de esportivas e naked de todas as marcas, o curso tem um dia de duração e contará com orientações teóricas e práticas também no Haras Tuiuti. Track-Day e cursos de aperfeiçoamento também estarão disponíveis.

A Triumph segue com um amplo leque de cursos, que vai desde o módulo “Iniciante”, passando pelo “Fundamental” e finalizando com o “Avançado”. Além dos módulos principais, que têm um dia de duração, existem módulos de meio-período para aperfeiçoamento, tais como “Especialização” e “Manobras e Controle em Baixas Velocidades”. Para todos esses módulos, o cliente conta com a opção de locação ou usar a moto própria de qualquer marca. Esses cursos são feitos no Campo de Provas da Pirelli, distante cerca de uma hora da capital paulista.

DATAS:
10 de julho
21 de agosto
16 de outubro
27 de novembro

CUSTO:
R$ 590,00 à vista ou R$ 660 em 12 vezes.
Inclui: moto, café da manhã, almoço, fotógrafo profissional.

Maiores informações no site www.triumphexperience.com.br


Piracicaba será a primeira cidade a receber Cursos de Pilotagem Gratuitos
Comentários COMENTE

Suzane Carvalho

Fotos: Caio Mattos

ctpsc_curso_moto_foto_caio-mattos_LI7A1017

A Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes – Semuttran, com o apoio da Fundação Municipal de Ensino e da Aversa Motos, realizarão, em conjunto com o Centro de Treinamento de Pilotos Suzane Carvalho, uma Palestra Motivacional para 250 pessoas e dois Cursos Avançados de Pilotagem de Moto para 40 motociclistas, cada. Todos gratuitos para os pilotos desta região do interior de São Paulo. Ao final de cada evento, ainda serão sorteados capacetes, oferecidos pela Aversa Motos.

O objetivo do evento é proporcionar maior conhecimento e prática para quem pilota motocicletas, dentro das inúmeras campanhas de conscientização já realizadas pela Semuttran.

O prefeito Gabriel Ferrato destaca a importância da prevenção e orientação: “Nosso governo tem trabalhado para tornar a cidade de Piracicaba mais humana, com mais segurança para pedestres e maior conforto para motoristas e motociclistas, por meio de ações de orientação que conscientizem a importância de dirigir defensivamente.”

ctpsc_curso_moto_foto_caio-mattos_LI7A1114Campanhas de conscientização, juntamente com engenharia e fiscalização, têm trazido grande diminuição no índice de acidentes de trânsito na malha viária urbana de Piracicaba”, comenta o secretário da Semuttran Jorge Akira. “Com o trabalho que fazemos com os motociclistas, mesmo com o aumento da frota, houve uma redução de 8% no índice de acidentes”.

A Aversa Motos, concessionária Honda da cidade, tem um programa de prevenção de acidentes de trânsito e ministra, através do instrutor João Mário, ao menos duas palestras por mês. Seu diretor, Agnaldo Lopes, disse que o importante não é somente vender as motocicletas, mas zelar pelos motociclistas.

ctpsc_curso_moto_foto_caio-mattos_LI7A9817A palestra e os cursos serão ministrados pela piloto Bi-Campeã Brasileira de Motovelocidade Suzane Carvalho, que é motociclista há 41 anos e jornalista especializada em duas rodas. “Meu objetivo é passar adiante o conhecimento e a experiência de pilotagem. O curso é importante mesmo para motociclistas experientes, pois a prática focada nas técnicas é que fará com que se evite um acidente em um momento de emergência. Até eu, aproveito os cursos dos colegas, para praticar.”

Sobre o projeto que está desenvolvendo junto às Prefeituras, declarou: “Fiquei feliz em saber que Piracicaba se preocupa com o trânsito e com os motociclistas. Que a cidade seja exemplo para que as outras prefeituras também abracem nosso projeto. Amo motocicleta e precisamos acabar com a imagem de que é perigosa. Com consciência e técnica, é um veículo que traz prazer e melhora a mobilidade”.

O objetivo é que cada participante seja um disseminador das técnicas e da conscientização de que o trânsito é um lugar para ser compartilhado, e não disputado.

ctpsc_curso_moto_foto_caio-mattos_LI7A0441

Ao todos, serão 330 contemplados: 250 com a palestra e 80 com os cursos práticos.

O evento acontecerá nas dependências da Fundação Municipal de Ensino de Piracicaba e tem o apoio institucional da ABRACICLO – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares.

A palestra será aberta a todos, motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres. Para participar do curso prático é preciso ter a motocicleta e equipamento pessoal de segurança completo: capacete (com fivela), jaqueta (de preferência com proteções), calça comprida (de preferência com proteções), luvas, sapato fechado (de preferência sem cadarços).
Todos os estilos de motocicleta, de qualquer cilindrada, são aceitas.
Não habilitados são aceitos, contando que comprovem larga experiência em pilotagem (caso de pilotos de competição, menores de idade).

PALESTRA
SEXTA-FEIRA, 03 de junho
Horário: 20:00 às 21:30 hs
Local: ANFITEATRO DA FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO
AV. MONSENHOR MARTINHO SALGOT, 560

AULAS PRÁTICAS E TEÓRICAS:
SÁBADO E DOMINGO, DIAS 04 e 05 de junho
Horário: 8:00 às 17:00 hs
Local: ESTACIONAMENTO DA FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO
TURMAS DE 40 ALUNOS POR DIA
Inscrições: AVERSA MOTOS – Av. Comendador Luciano Guidottin° 1.439.
Tel – (19) 3401-2222

REALIZAÇÃO – PREFEITURA MUNICIPAL DE PIRACICABA / SEMUTTRAN

APOIO – FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO DE PIRACICABA / AVERSA MOTOS

Sobre a piloto Suzane Carvalho
Campeã Brasileira de Kart, Campeã Brasileira e Sul Americana de Fórmula 3, Bi-Campeã Brasileira da Copa Honda CBR 500R, única brasileira a ter tido convites para correr na Fórmula 1, correu na Indy Lights, México, Estados Unidos, Itália, Inglaterra, Argentina e Uruguai. Entrou para o Guinness Book e para a Enciclopédia Barsa como a primeira e única mulher no mundo a conquistar títulos na Förmula 3. É proprietária e Diretora Técnica do Centro de Treinamento de Pilotos Suzane Carvalho.

Sobre o Centro de Treinamento de Pilotos Suzane Carvalho
Fundado em 2003 pela piloto campeã em diversas categorias do Automobilismo e Motociclismo Suzane Carvalho, o CTPSC atua em todo o país e atende crianças a partir de quatro anos de idade até motoristas profissionais, oferecendo cursos práticos focados na segurança do trânsito. O Centro também ministra cursos de Pilotagem de Competição em Kart, carros do tipo Turismo e Fórmula, além de dedicar parte de seu calendário aos cursos práticos e palestras sobre Direção Defensiva, tanto para carros quanto para motocicletas.

ctpsc_curso_moto_foto_caio-mattos_LI7A9857


Cursos de Pilotagem de Moto gratuitos no interior de São Paulo
Comentários COMENTE

Suzane Carvalho

CTPSC_curso-moto_06

PARCERIA ENTRE PREFEITURAS, UNIVERSIDADES E CENTRO DE TREINAMENTO DE PILOTOS SUZANE CARVALHO PERMITE A AÇÃO

Com o objetivo de ajudar a diminuir o índice de acidentes de trânsito com veículos de duas rodas através da disseminação e prática de técnicas avançadas de pilotagem, o Centro de Treinamento de Pilotos Suzane Carvalho – CTPSC – anuncia a criação de 12 cursos práticos, com até 40 motociclistas cada, atingindo um total de 480 pilotos de cidades do interior de São Paulo e Rio de Janeiro. Além dos cursos, palestras para até 500 pessoas cada, serão realizadas em universidades locais.

Os cursos serão ministrados pela Diretora Técnica do CTPSC, Suzane Carvalho, que é motociclista há 41 anos, bicampeã brasileira de Motovelocidade, além de jornalista especializada do setor de duas rodas.

CTPSC_curso-moto_05

É muito importante passarmos adiante nosso conhecimento e experiência para novos motociclistas, além de treinar os mais experientes com técnicas avançadas. Da mesma forma que todo piloto de competição deve treinar constantemente para entender sua moto e poder dominá-la bem, motociclistas e motoristas comuns também precisam estar devidamente preparados para a condução segura e eficiente do veículo. Ao aprimorarem o reflexo e a habilidade, os condutores dos veículos se tornam muito mais aptos a encontrar alternativas seguras em situações de emergência”, declara Suzane Carvalho.

Os cursos do CTPSC terão início ainda no mês maio no interior de São Paulo, e contam com parcerias das prefeituras, universidades e empresas locais, além do apoio institucional da ABRACICLO – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares.

CTPSC_curso-moto_07


Sobre o Centro de Treinamento de Pilotos Suzane Carvalho
Fundado em 2003 pela piloto campeã em diversas categorias do Automobilismo e Motociclismo Suzane Carvalho, o CTPSC atua em todo o país e atende crianças a partir de quatro anos de idade até motoristas profissionais, oferecendo cursos práticos focados na segurança do trânsito. O Centro também ministra cursos de Pilotagem de Competição em Kart, carros do tipo Turismo e Fórmula, além de dedicar parte de seu calendário aos cursos práticos e palestras sobre Direção Defensiva, tanto para carros quanto para motocicletas.

Site oficial: http://CentroDePilotos.com.br


Superbike Brasil terá duas novas categorias
Comentários COMENTE

Suzane Carvalho

sbk_arte-apresentacao_900
O Superbike Brasil é o maior campeonato de Motovelocidade da América Latina.
Em 2015, mais de 400 pilotos participaram do campeonato (eu, inclusive) que teve um público acumulado de mais de 250 mil pessoas, sendo o evento que mais levou público aos autódromos, contabilizando um retorno de mídia de mais de 137 milhões de reais.

Com isso, firmou-se como o 5° maior evento de motovelocidade do mundo, atrás do MotoGP, Mundial de Superbike, Campeonato Inglês de Superbike e do FIM CEV Repsol, o campeonato espanhol.  É também o 3° maior evento de Esporte Motor no país atrás apenas da Stock Car e da Fórmula Truck.

sbk_PRO_131215032

Para a temporada deste ano, além de estarem agendadas 7 etapas em Interlagos, as novidades são a entrada do Autódromo de Curvelo, em Minas Gerais,  que sediará duas etapas, e duas novas categorias: a Yamaha R3 e uma categoria Multimarcas até 300 cc, que se juntarão às Superbike Pro e Pro Amador, Superbike Light, Superbike Máster, SuperSport 600, Kawasaki Ninja 300, Copa Honda CBR 500R e Honda Junior Cup, que correrá com a nova Honda CG Titan 160 com novo visual.  20 motos estão reservadas para essa categoria que é exclusiva para crianças e adolescentes até 14 anos.

sbk_bruno-corano_alex-barros

Bruno Corano e Alex Barros

Além dessas, outra novidade é a entrada das equipes de Alex Barros que participarão com uma equipe oficial da BMW com a S 1000 RR e também com a equipe Estrella Galícia, participando da categoria 300cc com duas Yamaha R3.

No mais, as equipes oficiais da Honda que tem Diego Faustino, Maicon Teixeira e José Luiz Cachorrão como pilotos pilotamdo a Honda CBR 1000RR Fireblade e da Kawasaki, com o empresário e piloto Bruno Corano, que pilota uma ZX10-R, continuarão no certame.

Fox Sport e BandSport transmitirão ao vivo as categorias principais e a BAND mostrará compactos.

Os ingressos com direito à visitação aos boxes, para a 1ª etapa do Campeonato 2016 já estão à venda através do site http://www.superbike.com.br/como-adquirir-seu-ingresso/

Mas você não precisa esperar o dia 10 de abril para ver as motos e dispustas na pista.  Neste final de semana acontecerá em Interlagos, a 2ª etapa da Copa Pirelli, que serve como treino de pré-temporada para os pilotos.

Veja abaixo o calendário completo e programe-se!

sbk_calend-2016

 

superbike-brasil_campeoes2015-02_1200

Premiação dos Campeões de 2015

 

superbike-brasil_campeoes2015-03_1200


Quantos metros são necessários para parar uma moto?
Comentários 1

Suzane Carvalho

frenagem_honda_xre300_2015

Frenagem com a Honda XRE 300


DICA DE PILOTAGEM

Quantos metros são necessários para parar uma moto?

Claro que depende dos pneus, do tipo de piso, do peso da moto + piloto e, evidentemente, da velocidade em que a moto estiver. Além do tipo de óleo utilizado no sistema de freio e as condições dele.
A Honda XRE 300, por exemplo, abastecida, pesa aproximadamente 160 kg. Com um piloto de 70 kg, chega a 230 kg.
 
O tipo de frenagem sempre vai variar com a situação, pois às vezes queremos somente reduzir a velocidade ou equilibrar a moto em baixíssima velocidade. Dependendo da curva que está à nossa frente, da velocidade em que estamos e dos obstáculos à frente, às vezes devemos começar suavemente com o freio traseiro para depois acionar o dianteiro com maior intensidade. Em algumas situações, será exatamento o oposto.
 
Mas em uma situação de emergência, devemos sempre acionar os dois freios concomitantemente, ou seja, juntos, e com uma pressão gradativa e crescente.
 
Assista aqui a um vídeo em que testo o Combi Brake da Honda CG:

 


Harley-Davidson™ Riding Academy chega ao Brasil
Comentários COMENTE

Suzane Carvalho

H-D Riding Academy Campinas H-D 03_1000

O Harley-Davidson™ Riding Academy, curso oficial da marca, está chegando ao Brasil.
Inicialmente, três concessionárias oferecem o programa: Tennessee Harley-Davidson, em Campinas, Rio Harley-Davidson, no Rio de Janeiro e Ribeirão Preto Harley-Davidson, no interior de São Paulo. A partir do ano que vem, outras concessionárias da rede deverão também estar habilitadas a oferecer o curso.

História
O primeiro programa foi criado nos Estados Unidos em 2000 e já treinou mais de 400 mil pessoas em seus 15 anos de existência. Com a expansão das operações da marca nos mercados internacionais, e para garantir que a experiência seja padronizada em todas as regiões, o programa passou por um processo de reformulação, chegando ao Harley-Davidson™ Riding Academy como é conhecido hoje.

Em 2014, o programa foi implementado na China, México e África do Sul. Este ano, além do Brasil, o objetivo é expandir para o Canadá e Austrália. O programa completo conta com três módulos que contemplam desde pilotos novatos até os mais experientes.
New Rider – orientado a pessoas inexperientes no universo do motociclismo, que buscam adquirir as habilidades necessárias para pilotar;
Return to Ride – o módulo busca desenvolver as habilidades e a confiança necessárias para pessoas que não conduzem motocicletas há tempos e também aquelas com pouca experiência de pilotagem em motos de alta cilindrada;
Skilled Rider – para pessoas que já possuam experiência e que desejam aperfeiçoar suas habilidades, visando desfrutar ao máximo e tirar todo proveito de cada instante com a sua motocicleta.

O módulo oferecido no Brasil é o Skilled Rider, para que os clientes da marca possam conhecer mais profundamente suas motos. Com duração de um dia, no decorrer do treinamento, os alunos trabalham em uma ampla gama de exercícios, visando aprimorar suas habilidades específicas ao conduzir uma motocicleta. Para tornar a experiência ainda mais completa e garantir que os participantes assimilem todo o conteúdo, grande parte do curso prático é realizado em vias públicas, para simular situações reais de tráfego. Tudo, claro, sob a supervisão dos instrutores.

Todos os instrutores certificados foram treinados e passaram por um processo de avaliação intenso e rigoroso ministrado pela Harley-Davidson. “Estamos muito empolgados com a implantação do programa no Brasil. As primeiras turmas de instrutores foram treinados e todos estão aptos a passar o conhecimento que adquiriram para nossos clientes”, enfatiza Flavio Villaça, gerente de Marketing, Produto e Relações Públicas da Harley-Davidson do Brasil.

Mais detalhes sobre o programa estão disponíveis em www.harley-davidson.com.br.

21

preferred black logo

 


Curtindo a Ilha de Cananeia com a Honda NC 750X
Comentários 7

Suzane Carvalho

Viagem teste com a Honda NC 750X 2015

Cananeia é um dos maiores berçários de vida marinha do planeta

Parti para mais uma Moto-Viagem-Turismo-Aventura.

Viagem teste com a Honda NC 750X 2015

Viagem teste com a Honda NC 750X 2015

O destino desta vez não foi longe: Ilha de Cananeia e sua região, no extremo litoral sul do estado de São Paulo, aproximadamente 320 km da capital.  Lá, foi onde uma das primeiras naus da caravana portuguesa aportou.  E por causa das disputas com os espanhóis e franceses, logo foi estabelecida uma vila e o primeiro povoado oficial das novas terras. Novas para os europeus, porque os índios, há muito já viviam aqui.  Inclusive em Cananeia.  Mas parece que por lá, diferentemente do norte fluminense, os portugueses se aliaram aos índios.

Com a moto, uma Honda NC 750X, já abastecida, pneus calibrados, freios e luzes verificadas, mala amarrada e coberta por lona, e capa de chuva à mão, saí de São Paulo já às 14:45 hs.  A NC estava com 8.745 km rodados.  Gosto de pegar uma moto com a quilometragem mais avançada para testar, para poder analisar o desgaste das peças e, principalmente, suspensões.

Viagem teste com a Honda NC 750X 2015

Viagem teste com a Honda NC 750X 2015

Peguei o Rodoanel para descer até a Rodovia dos Imigrantes. Nesse trecho, o movimento de caminhões é bastante grande.  Quando já começou a chover e tive que parar para colocar a capa.
Desci até o litoral paulista e segui para o sul, rumo a Peruíbe.  Nesse ponto somos obrigados a subir pela SP 101 até a BR 116, no trecho da Régis Bittencourt em Pedro Barros. Esse é o caminho que muitos fazem para ir para o sul, fugindo do eterno tráfego da Serra do Cafezal.

Tive sorte que a chuva parou enquanto entardecia.  É muito lindo pilotar moto enquanto o Sol se põe. Antes que escurecesse, parei para trocar a viseira por uma transparente e aproveitei para abastecer, pois não sabia se encontraria outro posto até meu destino.

suzane_viagem-teste_honda_nc750x_cananeia_71

Pilotar à noite requer maior atenção inclusive com as laterais

Para pilotar com segurança à noite, é preciso diminuir a velocidade e prestar muita atenção em saídas e cruzamentos, sem deixar de ter atenção nos retrovisores.  Não gosto de pegar estrada nessas condições, quando estou de moto, mas às vezes é preciso.  E como a SP-226 é em mão dupla, toda a atenção, inclusive para os lados, para ficar atento a prováveis animais saindo da mata, é importante.  Diminuir a velocidade e andar dentro do seu limite de visão é primordial.  Os faróis com lâmpadas de 55 W para o baixo e 60 W para o alto, da NC 750X, são ótimos.  A capa do farol é clara e isso faz com que a luz se propague melhor.
O painel é perfeito: números pretos com fundo branco, e em uma posição de fácil leitura, em que não é preciso abaixar a cabeça para ler.

DICA =>Para cruzar a estrada, olhar diversas vezes para os dois lados, pois não é impossível vir um bêbado ou um recém habilitado com os faróis apagados.

Viagem teste com a Honda NC 750X 2015

Cananeia: Patrimônio Natural da Humanidade

Cananeia está em um corredor biológico de 110 km que se estende da foz do Rio Ribeira, em Iguape (SP), até a baia de Paranaguá (PR). É considerada um dos últimos remanescentes de Mata Atlântica intocada na costa brasileira e um dos maiores berçários de vida marinha do planeta. Tombada pela UNESCO como Patrimônio Natural da Humanidade, é um dos melhores roteiros ecológicos do mundo.  E, sem dúvida, excelente lugar para fazer trilhas e passeios de moto.  Tem até um moto clube local. A cidade encontra-se em uma área de proteção ambiental e conta com sítios arqueológicos, sambaquis, datados entre seis e quatro mil anos, e também com ruínas do período colonial.

Viagem teste com a Honda NC 750X 2015

Portal de Cananeia

Cheguei no portal de Cananeia já às 18:30 e fui procurar um lugar para dormir.  São várias as opões de hotéis e pousadas e acabei optando por ficar na Pousada Villa de Cananea, bem no centro, pois fui atendida pelo dono, um biólogo que foi fazer pesquisas no local, e de lá não saiu mais.  Apesar de simples, é aconchegante e bem tratada.

Viagem teste com a Honda NC 750X 2015

O centro mantém o jeito de vila

As pedras utilizadas em sua construção são de fato portuguesas, pois foram tiradas do fundo do mar onde os navios portugueses as jogavam, já que traziam como lastro, para depois trocar por carga valiosa.

As opções de hospedagem são grandes e variadas.  É possível ficar em pousadas bem simples ou em hotel grande, com conforto.  A cidade é democrática para quem quer se deleitar com a natureza.

Fui jantar na Av. Beira Mar, em um restaurante francês bem ambientado.  As opões de restaurantes ali também são grandes, para todos os gostos e bolsos; e a gastronomia chega a ser destaque.

Viagem teste com a Honda NC 750X 2015

Porto na Av. Beija Mar

No inverno o frio pode chegar a 5 graus centígrados e estava bastante frio quando fui. Pela manhã me dirigi ao píer que fica a apenas um quarteirão da pousada.

Viagem teste com a Honda NC 750X 2015Viagem teste com a Honda NC 750X 2015

Grudado a Ilha de Cananeia estão a Ilha do Cardoso, que é um parque ecológico, e a Ilha Comprida, além da Ilha do Bom Abrigo, onde fica o Farol da Barra.  Peguei um barco para a Ilha do Cardoso.  A navegação é pelo Mar Pequeno, canal entre as Ilhas Comprida e de Cananeia, passando pela Baía dos golfinhos, onde botos-cinza ainda nadam acompanhando as embarcações, o que muito me lembrou minha infância, quando existiam botos na Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro, acompanhando as balsas que atravessavam para Niterói.

Viagem teste com a Honda NC 750X 2015

Ilha do Cardoso

É possível passar todo o dia e até acampar na Ilha do Cardoso, onde tem dois restaurantes, no lado que fica voltado para Cananeia.  Tem trilhas para todos os níveis, praias e cachoeiras.

Esta região de Cananeia é chamada Lagamar, reconhecido como um dos cinco maiores viveiros de espécies marinhas do mundo.

Viagem teste com a Honda NC 750X 2015

45 km de praia para passear com a NC 750X

2º DIA

Rumo a Ilha Comprida.  Basta pegar a balsa para fazer a travessia, que demora menos de 10 minutos.  Cruze a Av. Intermares e pronto! Você se deparará com 45 km de praia de frente para o Atlântico!  E livre para trafegar.  Para o norte, o Boqueirão.  Para o sul, a praia da Trincheira, de onde você pode apreciar e fotografar os botos. Emancipada há 23 anos, Ilha Comprida ainda faz parte da Área de Proteção Ambiental de Cananeia.

Viagem teste com a Honda NC 750X 2015

Ilha Comprida

Foi ali onde me diverti de verdade com a moto.  É possível andar pela praia, junto ao mar, cortando os riachos. Sozinha, foi uma de minhas maiores aventuras, já que sou “menina do asfalto”.  Mas me senti totalmente à vontade andando em pé na NC 750X, que tem o centro de gravidade baixo e é fácil de manobrar.

3º DIA

Com frio e chuva, tirei o dia para conhecer a parte histórica da cidade.  Conversei com a historiadora Nana, que me contou muitas curiosidades locais.  Acostumada a receber turmas escolares, ela tem vasto conhecimento.

Viagem teste com a Honda NC 750X 2015

Centro Histórico de Cananeia

 

Os casarios históricos padronizados são bem coloridos. Alguns se mantiveram como residência e outros viraram pontos comerciais.
Os canhões que estão na Praça Martim Afonso, foram trazidos pelos portugueses.

 

Viagem teste com a Honda NC 750X 2015

Escavações arqueológicas na igreja de 1.517

Na Igreja São João Batista de Cananea, bem rústica, datada de 1.517, estão acontecendo escavações arqueológicas.

“A primeira cidade fundada no Brasil” se mantém com jeito de “Vila” e tem ainda, conforme dizem, as ostras mais saborosas do mundo.

A Cataia é uma planta local de onde é extraída e feita uma cachaça (que provei!). Ela fica curtindo durante apenas um mês e pode ter sabores variados como mel e canela.  É chamada de “Whisky da Praia”.

Viagem teste com a Honda NC 750X 2015

Casas de veraneio

 

A MOTO

suzane_viagem-teste_honda_nc750x_cananeia_74c

Com banco a 83,1 cm do chão e altura mínima de 16,4 cm, a ergonomia dessa moto, para mim, é perfeita. No estilo Crossover, dá a impressão de que posso dar a volta no mundo, sem levantar nem cansar.  O tanque de combustível fica na parte de trás do chassi e com isso a moto ganhou um grande baú de 21 litros na frente, onde você pode guardar até capacete.

honda_nc-750x_2015_motorComo o torque a e potência máximos estão em uma faixa de giro baixa, o consumo de combustível é muito baixo para uma moto com um motor desse tamanho e chega a 30 km por litro, dependendo da maneira como você a pilote. Em velocidade constante, a 120 km/h ela fica a 3.600 rpm. Essa nova versão da “NC” tem motor com exatos 745 cm³, potência máxima de 54,8 cv a 6.250 rpm e torque máximo de 6,94 kgm.f a 4.750.  Esse torque máximo nessa faixa de giro baixa é que torna a moto mais gostosa de curtir, em quanquer situação, seja para driblar os carros nas cidades, ara ultrapassagem nas estradas ou para subir barrancos em passeios off-road. A relação diâmetro x curso do pistão é de 77 x 80 mm.  A compressão, 10,7:1.

honda_nc-750x_2015_bauMesmo com quase 10.000 km rodados de testes feitos por jornalistas, a moto não apresentou absolutamente nenhum desgaste e a suspensão estava perfeita.  A traseira é do tipo pro-link com 150 mm de curso e a dianteira, garfo telescópico com 153,5.  Apenas os pneus eram novos.

Na pista de testes, ela bateu os 190 km\h mas a reta acabou e não deu para ver a velocidade final.

O quadro é do tipo Diamond-frame em aço, e os freios, disco de 320 mm na frente e 240 mm na traseira.
Pneus: 120 x 70 x 17” na frente e 160 x 60 x 17” na traseira.
Freios: duplo disco com  320 mm na dianteira e 240 na traseira e opção de ABS.
Ela pesa 205 kg (mais 4 para a versão com ABS).

honda_nc-750x_2015_chassi

No total, rodei aproximadamente 1.700 km com ela.

Veja as velocidades máximas atingidas em cada marcha, na pista de testes:

64
96
126
151
175
6a190… e acabou a pista

Abaixo, o consumo.  Como o tanque de combustível tem capacidade para 14,1 litros, se você fizer média de 25 km com 1 litro de gasolina, a autonomia será de 350 quilômetros.
O tipo de gasolina colocado em cada abastecimento influenciará no rendimento seguinte.
O tipo de rodagem e a maneira de pilotar a moto influenciam diretamente no consumo.

KMKM RODADOSMÉDIALITROS$/LITRO$ TOTALGASRODAGEM
10/068.745—–—–—–—–—–não sei—–
16/068.95020517,9311,433,4539,43GridEstr Chuva
19/069.13028020,228,93,3929,69Comum
25/069.387não seinão seinão seinão seinão seinão sei
26/069.67729025,3411,443,5040,03Gridcidade
9.893216,118,17 (20,6)11,89 (10.3)3,5542,19Gridrpm máx
10.160267,123,4911,373,3938,53V-Powerestrada
10.354—–—–—–—–—–—–—–

Assista ao vídeo em que faço a apresentação técnica completa da moto, e comento sobre seu comportamento:

Veja aqui uma galeria de fotos completa: http://suzanecarvalho.album.uol.com.br/honda-nc-750x

suzane_viagem-teste_honda_nc750x_cananeia_73

Viagem teste com a Honda NC 750X 2015

Viagem teste com a Honda NC 750X 2015