Blog da Suzane Carvalho

Honda Bros 160 ganha cores mais alegres
Comentários Comente

Suzane Carvalho

suzane_noticia_honda_bros160_2017

A Honda apresentou o modelo 2017 da NXR 160 Bros que vem com duas novas cores: branca com vermelho e branco com azul, ambas  na versão ESDD.  A versão de entrada vem na cor preto com branco.

A Bros 160 tem motor mnocilíndrico OHC de 162,7 cm³ FlexOne refrigerado a ar com potência de 14,7 ou 14,5 cavalos (etanol ou asolina) e torque de 1,46 kgf.m a 5.500 rpm.

suzane_noticia_honda_bros160_2017-azul_3-4_frente_resizePrimeiro modelo no mundo a utilizar o sistema Flex (etanol e/ou gasolina), a NXR 160 Bros é uma moto fácil de ser pilotada

Versátil, a NXR 160 Bros é um modelo que possibilita o uso em diferentes pisos e terrenos, graças ao seu elevado posicionamento de pilotagem.

Suas suspensões com curso de 180mm na dianteira, mono amortecida na traseira com curso de 150 mm promovem uma segue enfrenta bem terrenos acidentados ou estradas de terra.   Vem com pneuss de uso misto com medida de 90/90-19 na frente e 110-/90-17 atrás.

suzane_noticia_honda_bros160_2017-vermelha_lateral_resizeO banco é em dois níveis sendo que o lugar do garupa é plano com o bagageiro, o que facilita a colocação de bagagem.

Tem painel totalmente digital na cor azul e traz informações como velocímetro, marcador de combustível, hodômetro total e parcial, relógio e luzes espia (piscas, injeção eletrônica, farol e neutro).

suzane_noticia_honda_bros160_2017-azul_3-4_traseira_resizeO escapamento é em aço inoxidável, pintado na cor preta e está em total conformidade com a segunda fase do Promot 4 (Programa de Controle da Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares), além de dispor de uma câmara de expansão no tubo primário do escape que possibilita melhores retomadas em baixa rotação.

Produzida na fábrica de Manaus (AM), a versão 2017 da NXR 160 Bros vem com 3 anos de garantia mais 7 trocas de óleo gratuitas nas revisões e chega ainda este mês nas lojas.

A versão de entrada vem na cor nas cores Preto e Branco (versão de entrada), com preço público sugerido de R$ 9.990,00 para o estado de São Paulo, sem frete nem seguro.
A versão ESDD vem nas cores branco com azul e branco com vermelho e o preço público sugerido é de R$ 11.530,00.

suzane_noticia_honda_bros160_2017-vermelha_traseira_resize


Uma dica vale muitas vidas. Semana Nacional do Trânsito.
Comentários 1

Suzane Carvalho

Fotos: Thiago Pinheiro

uma-dica-vale-muitas-vidas_semana-nacional-do-transito-2016_ctpsc_suzane-carvalho_09

Lembro a primeira vez que subi em cima de uma moto para pilotá-la e me deram algumas dicas.  Dicas essas que levo comigo até hoje.  E olha que isso foi há 40 anos. De lá para cá, foram mais de 2 milhões de quilômetros rodados em cima de motocicletas.  Viagens, testes, corridas, passeios, e, claro, para minha mobilidade do dia a dia.  E nunca caí.  Mas sim, já fui derrubada; por motoristas que ultrapassaram ao semáforo ou brigavam no trânsito, ''costurando'' por entre os carros ou desatentos.

Nesses 13 últimos anos em que ministro cursos e palestras em meu Centro de Treinamento de Pilotos, desenvolvi metodologias de forma personalizada para que cada motorista ou motociclista pudesse aprimorar suas habilidades pessoais e, em conjunto com os demais, se conscientizem da necessidade de se dividir o espaço público com cordialidade e respeito, atingindo o nosso destino em paz e, principalmente, íntegro.

E mais: frequentei os mais diversos cursos de colegas, sempre importantes para aprendermos mais e praticarmos nossa habilidade, mesmo que não estejamos 100% de acordo com o que o instrutor pensa.

O simples fato de você passar adiante o conhecimento ou dar alguma dica, pode fazer com que a pessoa escape de um acidente grave e não se machuque.

As dicas que aqui estão são para serem difundidas e divulgadas.  Sinta-se à vontade para copiar e compartilhá-las. E é como sempre digo: é como uma oração: ''repete, repete, que pega''.

Aproveite a Semana Nacional do Trânsito para realizar algumas ações que possam ajudar a diminuir o índice de acidentes.

#SemanaNacionalDoTransito

uma-dica-vale-muitas-vidas_semana-nacional-do-transito-2016_ctpsc_suzane-carvalho_01

 

uma-dica-vale-muitas-vidas_semana-nacional-do-transito-2016_ctpsc_suzane-carvalho_02

 

 

uma-dica-vale-muitas-vidas_semana-nacional-do-transito-2016_ctpsc_suzane-carvalho_07

 

uma-dica-vale-muitas-vidas_semana-nacional-do-transito-2016_ctpsc_suzane-carvalho_08

 

uma-dica-vale-muitas-vidas_semana-nacional-do-transito-2016_ctpsc_suzane-carvalho_06

 

uma-dica-vale-muitas-vidas_semana-nacional-do-transito-2016_ctpsc_suzane-carvalho_05

 

uma-dica-vale-muitas-vidas_semana-nacional-do-transito-2016_ctpsc_suzane-carvalho_04

 

uma-dica-vale-muitas-vidas_semana-nacional-do-transito-2016_ctpsc_suzane-carvalho_03


Exposição de fotos e motos da Triumph para estudo do câncer de próstata
Comentários Comente

Suzane Carvalho

A Street Twin é um dos modelos em exposição no Morumbi Shopping

A Street Twin é um dos modelos em exposição no Morumbi Shopping

Criado em 2012, o The Distinghished Gentleman's Ride é o único evento motociclístico de caridade deste tipo no mundo: é uma celebração da arte de estar elegante e também do estilo inconfundível das motocicletas clássicas customizadas que busca angariar fundos para combater o câncer de próstata.  A Triumph se tornou patrocinadora global do evento pela primeira vez em 2014, após decidir que esse passeio representa com perfeição tudo o que há para ser celebrado sobre o motociclismo. Na edição do ano passado, mais de 37 mil damas e cavalheiros, elegantemente vestidos, em mais de 410 cidades espalhadas pelo planeta, arrecadaram mais de US$ 2,3 milhões para a pesquisa do câncer de próstata, pilotando suas motocicletas café racers, bobbers, scramblers e outros modelos clássicos.

A Triumph é patrocinadora global do evento, pelo terceiro ano consecutivo e está realizando no Morumbi Shopping, a exposição “The Distinguished Gentleman’s Ride”, em que exibe  fotografias de Wel Calandria das edições de 2014 e 2015 do DGR no Brasil e também cinco modelos de motocicletas: as modern classics Street Twin e Bonneville T120, a old racer Thruxton 900 cc customizada (réplica de um modelo de competição de 1960), a scrambler Bonneville T100 customizada para uso do jogador David Beckham e a café racer Thruxton R.

O DGR vai acontecer no dia 25 de setembro, domingo, em mais de 500 cidades de 90 países, incluindo o Brasil, reunindo perto de 50 mil motociclistas.
O objetivo da ação será contribuir para arrecadar mais fundos para o DGR deste ano.

SOBRE A TRIUMPH
A Triumph Motorcycles Brazil é a 10ª subsidiária da empresa pelo mundo e conta com sede em São Paulo (SP) e fábrica em Manaus. A marca conta com 14 concessionárias nas cidades de São Paulo (SP), Campinas (SP), Ribeirão Preto (SP), São José dos Campos (SP), Porto Alegre (RS), Brasília (DF), Curitiba (PR), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), Goiânia (GO), Florianópolis (SC) e Recife (PE).
Fundada em 1902, a Triumph Motorcycles é uma empresa global, atuando diretamente em 12 países, por meio de suas filiais, e indiretamente em mais 42 mercados, através de distribuidores independentes.
A Triumph é a maior fabricante britânica de motos e a marca que mais cresce no segmento acima de 500 cc nos países nos quais está presente. O faturamento mundial da empresa gira em torno de R$ 1,1 bilhão e a produção total é de, aproximadamente, 54.500 unidades anuais. No mundo todo, a Triumph possui cerca de 750 concessionárias e perto de 2.000 funcionários.


Mês de agosto tem queda de 28,9% no emplacamento de motocicletas
Comentários Comente

Suzane Carvalho

suzane_noticia_abraciclo_producao-motos-2016_linha-de-producao-honda_02

Linha de montagem da Honda

No mês de agosto passado o Brasil produziu 92.791 motocicletas, o que representa uma queda de 18,6% em relação ao mesmo mês de 2015, quando foram produzidas 113.982 unidades. Em comparação com julho deste ano, quando a produção totalizou 75.233 motos, houve uma alta de 23,3%, porém deve ser considerado o efeito das férias coletivas que foram dadas no meio deste ano, nas fábricas do Polo Industrial de Manaus (PIM), conforme informações divulgadas pela ABRACICLO – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares.

Seguindo a mesma tendência, as vendas internas no atacado – para as concessionárias – atingiram 83.236 motocicletas em agosto, o que corresponde a um recuo de 18,3%, em comparação com agosto do ano passado (101.927 unidades). Porém, frente a julho deste ano (71.760 unidades), registrou-se um crescimento de 16%.

marcos_fermanian_foto_divulgacao

Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo

“Muito embora o resultado de agosto tenha sido um dos piores do ano, o setor tem expectativa de recuperação das vendas para os próximos meses em função das medidas econômicas a serem implantadas”, afirma Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo, otimista, porém, comedido.

Já as vendas para o mercado externo totalizaram 4.522 motocicletas no mês passado, representando uma expansão de 19,1% em relação a julho (3.798). Mas, em comparação ao mesmo mês de 2015 (9.367), há queda de 51,7% (4.522).  A exportação de motocicletas ainda é fraca para o potencial do país.

No acumulado do ano, de janeiro a agosto, o setor de duas rodas segue registrando números negativos para produção e vendas: 30,8% (913.972 x 632.381 unidades) e 29% (854.674 x 607.185 unidades), respectivamente. O único dado positivo refere-se às exportações, com alta de 9% (36.182 x 39.454 unidades).

suzane_noticia_abraciclo_producao-motos-2016_linha-de-producao-yamaha_02

Emplacamentos
Com base nos licenciamentos realizados pelo Renavam, foram licenciadas 76.460* motocicletas em agosto, o que representa um crescimento de 2,7% ante o volume de julho, com 74.417 unidades, e queda de 22,1% em relação a agosto de 2015 (98.188).

Mesmo com dois dias úteis a mais que o mês anterior, a média diária de vendas apresentou queda de 6,2%, passando de 3.544 para 3.324 motocicletas em agosto. A retração também se fez presente na comparação com o oitavo mês de 2015, quando foram comercializadas 4.676 motos, contra 3.324 (variação negativa de 28,9%).

 (*) Foram desconsiderados os ciclomotores usados, cujo licenciamento junto aos Detrans passou a ser obrigatório a partir da Lei nº 13.154, de 30/07/2015, e da Resolução Contran nº 555/15, de 17/09/2015.

É importante frisar que  

fabrica dafra manaus

Fábrica da Dafra

 

Sobre a ABRACICLO e o Setor de Duas Rodas
Com 40 anos de história em comemoração em 2016 e contando com 13 associadas, a ABRACICLO – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares representa, no país, os interesses dos fabricantes de transporte em Duas Rodas, além de investir fortemente em ações que tenham por objetivo a busca pela paz no trânsito e pilotagem defensiva.

Representativa, a fabricação nacional de motocicletas – majoritariamente concentrada no Polo Industrial de Manaus (PIM) – está entre as seis maiores do mundo. Já no segmento de bicicletas, o Brasil se encontra na quarta posição entre os principais produtores mundiais. No total, as fabricantes geram aproximadamente 16 mil empregos diretos no PIM.

MOTOCICLETAS*BICICLETAS*
Frota nacional: mais de 24 milhõesFrota nacional: mais de 70 milhões
Produção anual: mais de 1 milhão de unidadesProdução anual: 3,5 milhões
de unidades
6º maior produtor mundial4º maior produtor mundial

*Dados 2015


Nova BMW F 700 GS chega com o mesmo motor da F 800 GS
Comentários 1

Suzane Carvalho

suzane_noticia_bmw_f700gs_2016_branca_02 suzane_noticia_bmw_f700gs_2016_branca_traseira suzane_noticia_bmw_f700gs_2016_branca_frente

Com 75 cv de potência a 7.300 rpm e 7,85 kgf.m de torque a 5.300 rpm, a nova big trail bicilíndrica com dupla árvore de comando no cabeçote, F 700 GS, chegará em novembro com o mesmo motor de 798 cc da F 800 GS,  mas com 10 cavalos a menos.

Os freios também são os mesmos da F 800 GS, mas as suspensões têm cursos mais curtos  e os pneus são ligeiramente menores:  110 x 80/19 na frente e 140 x 80 / 17 na traseira.

suzane_noticia_bmw_f700gs_2016_09

Com o mesmo tanque de 16 litros e pesando 212 kg (somente 2 a menos que a 800), a velocidade máxima estimada é de 192 km/h.

Para uso misto, asfalto e terra, uso urbano e rural, é uma big trail que tem a altura do banco média, de 82 cm, 7,5 cm mais baixo que a F 800 GS, que é de 89,5 cm.

Na suspensão traseira tem balança de alumínio, ajuste de compressão da mola e do retorno do amortecedor.  Tem também lanterna traseira em LED e tomada 12 volts.

suzane_noticia_bmw_f700gs_2016_08

O pacote Premium que faz parte da campanha de pré-venda da moto, traz manopla aquecida, protetores de mãos, controle de pressão de pneus (RDC), computador de bordo, controle de tração (ASC), piscas em LED e cavalete central.

Acelerador eletrônico Ride by Wire, dois modos de pilotagem (um para chuva) e ABS são de série.  Na Europa, ajuste eletrônico da suspensão, controle automático de estabilidade e um terceiro modo de pilotagem (enduro) são opcionais. A BMW ainda não divulgou se estes ítens estarão disponíveis na versão brasileira.

suzane_noticia_bmw_f700gs_2016_13

Alguns opcionais como diferentes bancos, para-brisas e protetores de manete, sim, estarão à venda.

A F 700 GS será produzida na nova fábrica da BMW Motorrad em Manaus, na mesma planta que as  F 800 GS, F 800 GS Adventure, F 800 R,  R 1200 GS, R 1200 GS Adventure, S 1000 R, S 1000 RR, S 1000 XR e G 310 R.

As cores serão a cinza metálica e a laranja.
Preço? R$ 39.950 (mais 50 reais do taxi pra pegá-la, 40 mil.)

Pré-venda nas concessionárias ou pelo site www.bmwmotorrad.net.br/F700GS.


Triumph tentará bater o record de 630,4 km/h
Comentários Comente

Suzane Carvalho

suzane_noticia_triumph_infor_rocket_streamliner_02b

Com seu ''foguete sobre duas rodas'', a Triumph Motorcycles tentará bater mais uma vez o record de velocidade sobre duas rodas, que atualmente é de 630.4 km/h (601.6 de média) estabelecido por Rocky Robinson em setembro de 2010.

O veículo, chamado de Triumph Infor Rocket Streamliner, será pilotado por Guy Martin, piloto que compete na Isle of Man TT e já bateu records de velocidade por algumas vezes.

suzane_noticia_triumph_infor_rocket_streamliner_06_resize

O evento será realizado este mês no Bonneville Salt Flats, um deserto de sal com uma área de 64 km² localizado em Utah, nos Estados Unidos . Existe a possibilidade de a tentativa ser adiada, se o sal não estiver na densidade ideal para a tração da motocicleta.

No mês passado, em treinamento, a equipe alcançou 441,28 km/h.

suzane_noticia_triumph_infor_rocket_streamliner_04_resizeO título de ''Motocicleta mais rápida do mundo'' ficou nas mãos da Triumph entre 1955 e 1970, com as ''motos'' Devil’s Arrow, Texas Cee-gar, Dudek Streamliner e Gyronaut X1, que alcançou 395,28 km/h.  Decidida em recuperar o título, a fábrica contratou  Bob Carpenter, construtor de motores de alta performance e o engenheiro de aerodinâmica Matt Markstaller que acredita que alcançarão o feito: ''Ao buscar um recorde como este em duas rodas, as condições devem ser as melhores possíveis. Acreditamos que esperar mais algumas semanas nos dará chances ainda melhores e nos deixará em posição ideal para fazermos nossa tentativa. Guy Martin se adaptou rapidamente à motocicleta”.

suzane_noticia_triumph_infor_rocket_streamliner

O veículo, que mede 7,77 metros, tem 60 cm de largura e 91 cm de altura, é um Monocoque de fibra de carbono e Kevlar com dois motores Triumph Rocket III com 1.485 cc cada, turbinados e movidos a metanol, que atingem mais de 1.000 cavalos de potência. O torque é algo por volta de 70 kgf.m!
A categoria em que se encaixa é a Divisão C para motocicletas.

suzane_noticia_triumph_infor_rocket_streamliner_03_resize

suzane_noticia_triumph_infor_rocket_streamliner_07_resize

=======================================================

banner_ctpsc_direcao-defensiva-evasiva_2016


Salão Latino-Americano de Veículos Elétricos vai até sábado
Comentários Comente

Suzane Carvalho

Bicicleta_Eletrica

Com motor de 350 w e autonomia para 30 km, a bike que custa R$ 5.290 será vendida por R$ 4.490

O 12º Salão Latino-Americano de Veículos Elétricos, Componentes e Novas Tecnologias,  acontecerá entre amanhã, dia 1º, e sábado, dia 3 de setembro, no Pavilhão Amarelo do Expo Center Norte, em São Paulo (SP).

Em formato de feira e congresso, o VE Latino-Americano divulga e promove o desenvolvimento, a demonstração, a comercialização e a utilização de veículos elétricos na América Latina, assim como a atualização e disseminação do setor.

Durante o evento, produtos como bicicletas elétricas, diciclos, monociclos, scooters, skates e outras novidades de locomoção serão ofertados com descontos promocionais, que podem chegar a mais de 30%, além de outras condições especiais. O visitante também terá oportunidade de testar o desempenho de alguns veículos no VHE Experience.

PowerPoint PresentationO
Diciclo – Urban Rover modelo 6.5 que utiliza sensores giroscópios para ativar auto equilíbrio e possui um motor de 350w e bateria de lítio de 36V com autonomia de 20km/h,
que custa R$ 3.590,00 será vendido por R$ 2.490,00.

kia-soul_eletrico

SERVIÇO
Evento: 12o. Salão Latino-Americano de Veículos Elétricos
Datas: 3 de setembro 2016
Local: Pavilhão Amarelo – Expo Center Norte, em São Paulo (SP)
Horário: das 12h às 20h
Entrada: gratuita mediante inscrição por meio do endereço eletrônico http://velatinoamericano.com.br/inscreva-se

banner_ctpsc_direcao-defensiva-evasiva_2016


BMW S1000 XR ganha versão brasileira
Comentários 1

Suzane Carvalho

suzane_noticia_bmw__s1000xr_brasil_ago_2016

Grafismo exclusivo para o Brasil

Grafismo diferenciado, Parabrisas fumê, banco esportivo.  Essa é a versão especial limitada que a BMW está lançando de sua S 1000 XR, exclusiva para o Brasil.

O modelo ''S 1000XR'' foi mostrado por aqui pela primeira vez no Salão Duas Rodas em novembro do ano passado e é considerado pela fábrica uma união de diversos produtos da marca unindo características Sport, Touring e Adventure.

O motor de 999 cc divididos em 4 cilindros em linha, com 16 válvulas, 160 cavalos @ 11.000 rpm e 11,42 kgf.m @ 9.250 rpm com taxa de compressão 12:1 é o mesmo da S 1000 R.
O chassi é de alumínio e o motor faz parte dele.  A suspensão dianteira tem garfo invertido com 150 mm de curso e a balança da suspensão traseira é em alumínio com 140 mm de curso.
As rodas também são em alumínio, o freio dianteiro é com duplo disco de 320 mm com pinças flutuantes de 2 pistões, e o traseiro, com um disco de 265 mm com pinça flutuante também de 2 pistões.
O tanque tem bom tamanho, com capacidade para 20 litros de combustível.
Peso total: 228 kg.

Preço? R$ 72.900,00.

A BMW tem um plano de financiamento BMW Select, oferecido pela BMW Serviços Financeiros, em que a entrada pode ser de R$ 29.120 com 24 parcelas mensais de R$ 989, mais parcela final e frete com garantia de recompra pelo concessionário.

Testei a S 1000 XR no lançamento, e ela é praticamente a S 1000 R com posição de pilotagem de big trail. Fantástica.

suzane_test-ride_BMW_S1000XR_026_1150

 

banner_ctpsc_direcao-defensiva-evasiva_2016


Alckmin lança Movimento Paulista de Segurança no Trânsito
Comentários 1

Suzane Carvalho

Movimento Paulista de Segurança no Trânsito

Geraldo Alkimin assina Movimento Paulista de Segurança no Trânsito

Antes de começar a ler a matéria, peço que se abra ao entendimento da profundidade da causa. Já parou para entender o que são 50 mil pessoas mortas por ano? Já parou para pensar quantas mutiladas e quantas machucadas?
Isto não é propaganda política nem de empresas.
Com o intuito de ajudar na diminuição de acidentes de trânsito, me dedico, com todas as minhas forças, a ensinar a cada condutor que fala comigo, assiste às minhas palestras e frequenta os meus cursos, como dominar corretamente seus veículos, sem risco de errar e virar estatística de acidentes.
Como sou livre, posso divulgar nomes e dados sem medo ou condições.

Movimento Paulista de Segurança no Trânsito

É mais do que sabido que o maior pencentual de culpados pelos acidentes são as falhas dos condutores.  Segundo o Infosiga SP (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo), nada menos do que 94% dos acidentes com vítimas fatais no Estado de São Paulo, aproximadamente 15 mil/ano, são causados por falhas humanas.

A ONU estabeleceu a meta de reduzir em até 50%, as vítimas fatais de acidentes de trânsito, na  “Década de Ação pela Segurança Viária” entre 2011 e 2020.
Segundo o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alkimin, como ações emergenciais, é preciso trabalhar com foco em cinco pilares:
– Gestão da Segurança Viária
– Vias mais seguras
– Veículos mais seguros
– Condutores mais conscientes
– Melhor resposta pós-acidente

Movimento Paulista de Segurança no Trânsito

Eu incluo a melhor habilidade por parte dos condutores, já que grande parte dos acidentes são causados por erro de cálculo e falta de habilidade.

A longo prazo, a educacão. Muitas de nossas crianças escutam dos pais que ''levar vantagem'' ultrapassando outros carros pelo acostamento, é alguma forma trapacear é engrandecer, enquanto na verdade é o oposto, pois apenas alguém que se sente inferior aos outros pode se comportar de maneira a entender ser melhor do que alguém, sem sequer estar em uma disputa.  É importante cultivar nas crianças o sentimento de condolência, solidariedade, coletividade e socialismo.

O Forum ''Melhores Práticas em Segurança Viária'' foi realizado no Palácio dos Bandeirantes, com a presença de pessoas e empresas que têm investido para que o número de acidentes e de vítimas de trânsito, diminua.  Como consequência, a redução dos gastos materiais e de tempo também é imensa.

Movimento Paulista de Segurança no Trânsito

Durante o Forum foi mostrado aos participantes, diversas ações com resultados positivos na redução de acidentes e vítimas, por empresas envolvidas diretamento com a mobilidade.

Movimento Paulista de Segurança no Trânsito

Fonte: ARTESP

Transportadoras já monitoram seus veículos em tempo real e com isso controlam todas as ações de seus motoristas com os veículos.
Fabricantes de veículos reforçam as campanhas de manutenção e prevenção.
Crianças estão recebendo educação voltada para a mobilidade.
Muitas campanhas de conscientização estão sendo realizadas.
E muitas multas distribuídas. Segundo o governador de São Paulo, ''o foco é estimular as pessoas e fazê-las entender que ganharão com as boas atitudes no trânsito, e não que serão penalizadas. Vamos trabalhar com o positivismo''.

A campanha que está sendo lançada hoje pelo governo do estado é agressiva. No final da matéria estão os primeiros vídeos para que você possa assistir.

Veja abaixo o que algumas empresas, chamadas pelo governo do estado de ''Colaboradores de Melhores Práticas de Segurança Viária'',  estão fazendo por um trânsito mais humano e sem vítimas.
Clique nas imagens para ampliá-las.

Movimento Paulista de Segurança no Trânsito

Presidente da ABRACICLO, Marcos Fermanian

abraciclo_moto-checkupABRACICLO – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas
Investe em ações como o Moto Check-Up que é realizado desde 2008.  A ação é educativa e gratuita, voltada aos motociclistas, e mostra a importância da manutenção da moto, conscientizando-os sobre a importância da educação e segurança no trânsito. Durante essas ações são feitas avaliações de 21 ítens de segurança da motocicleta, coleta de dados dos veículos, os motociclistas assitem video-palestra com orientações sobre pilotagem segura e demonstração de prática de frenagem. Para motivar a presença, tem distribuição de lanches, sorteio de brindes, troca de óleo gratuita, simulador de pilotagem, entre outros.  É um evento institucional, sem ações comerciais, com um investimento médio de R$ 150 mil por etapa, que normalmente dura três dias, atinge mais de 1.000 motociclistas e é realizado em praças ou estacionamentos com uma equipe de 34 pessoas. ''Só a liberação de alvarás e licenças para o evento, requer muito tempo e dinheiro'', esclarece José Eduardo Gonçalves, diretor da ABRACICLO.  Em 19 edições, mais de 33 mil motociclistas já passaram pelo treinamento.

Movimento Paulista de Segurança no Trânsito

Fonte: ARTESP


ARTESP
– Agência de Transporte do Estado de São Paulo
Administra o Programa Estadual de Concessão de Rodovias, e além de cobrar dos concessionários ações para a redução de acidentes e vítimas, investe em diversas outras, que vão de educação para crianças à fiscalização.

SAMSUNG CSC

Pesquisa mostra mais acidentes com bicicletas do que com motocicletas

 

RODOVIAS ARTERIS – Concessionária
Administradora de mais de 3.250 quilômetros de rodovias, entre elas a Régis Bittencourt, a Fernão Dias e a Autopista Fluminense, Vem investindo em estrutura viária, na operação de todo o sistema, antes e pós-acidentes, em fiscalização e também diretamente com a educação e comportamento do usuário e até em veículos de apreensão de animais. Faz também um importante trabalho pedagógico com as crianças, que passam por diversos programas.
Com esse trabalho, a expectativa é de salvar pelo menos 2.500 vidas, até 2.020.

AMBEV – Companhia de Bebidas
Com 32 mil funcionários e uma frota de aproximadamente 13 mil veículos, a empresa conseguiu reduzir em até 83% o número de acidentes com motocicletas. Para tal, passaram a fazer testes mais rigorisos de até 6 horas, antes de admitir novos funcionários. Realizam reciclagens a cada 6 meses e passaram formar os próprios instrutores. Também colocaram telemetria nas motos e controlam as atitudes dos motociclistas como aceleração e frenagem bruscas e velocidade, além de fazer avaliações periódicas das motocicletas.
Em relação aos caminhões, informatizou o prontuário que agora é controlado eletronicamente e em tempo real.  Conforme um motorista erra, acumula pontos negativos e, quando chega a um número definido, perde o direito de dirigir para a empresa.

SAMSUNG CSC

PORTO SEGURO – Seguradora
Trabalham em cima do ''psycho'', ou seja, do comportamento dos motoristas. Recentemente lançaram a campanha ''Deixe o Ogro em Casa'' e  promovem descontos para quem não tem pontos na Carteira de Habilitação.   Como resultado, chegaram, até agora, a um número de 57% de clientes com zero ponto na CNH.

PREFEITURA DE PRAIA GRANDE
Uma das cidades da baixada santista, criou um programa chamado ''Ciclista Cidadão'' em que é feita a identificação das bicicletas e dos ciclistas, para que estes possam ser identificados em caso de acidentes, e as famílias avisadas. também distribuem cartilhas educativas. A importância dessa ação é por causa do grande número de ciclistas em toda a região, que utiliza a bicicleta como meio de transporte, transitando entre as cidades.
Quase 19 mil ciclistas já foram cadastrados e recebem benefícios como motivação para fazê-lo.

Movimento Paulista de Segurança no Trânsito

Fadel diminuição de 30% ao ano

FADEL – Logística
Trabalham basicamente  na região sudeste fazendo mais de 3.000 viagens por mês com 2 milhões e meio de quilômetros rodados pelos seus mais de 2.000 motoristas e ajudantes.  Felipe Rizato,  diretor de logística da empresa, credita o sucesso da diminuição dos acidentes à gestão da Central de Monitoramento. Foi colocada telemetria em todos os carros e também programadas as paradas e horas de descanso dos motoristas. Tudo é controlado online. Também colocaram airbag em todos os veículos e desenvolveram cabine de descanso para os motoristas reservas.

A minha escola não fez parte deste Forum, mas posso incluí-la aqui como grande colaboradora para a diminuição do índice de acidentes. São 13 anos oficialmente treinando motoristas já habilitados e há 4 anos passamos a treinar também os motociclistas.

curso-moto-piracicaba_turma02_ctpsc_suzane-carvalho_29CENTRO DE TREINAMENTO DE PILOTOS SUZANE CARVALHO – Escola de Direção Defensiva/Evasiva
O Centro de Treinamento trabalha com a prática para motoristas e motociclistas já habilitados.
Através de parcerias, promove cursos práticos e teóricos gratuitos, além de palestras em Centros de Formação de Condutores, Universidades e Cursos Pré-vestibulares.
Com técnicas de pilotagem de competição, ensina aos motoristas e motociclistas como controlar seus veículos em todas as situações de risco e de emergência, evitando assim acidentes. É feita conscientização da importância da manutenção e da prevenção, além de se trabalhar o lado psicológico, mostrando que o espaço público deve ser compartilhado por todos, e não disputado.

ctpsc_direcao-defensiva-carros

Curso de Direção Defensiva para carros do CTPSC

Assista abaixo aos vídeos:

 

 


Ducati XDiavel já está à venda no Brasil
Comentários Comente

Suzane Carvalho

Ducati XDiavel

Ducati XDiavel S

Mostrada inicialmente em um Road Show pelo Brasil, os modelos XDiavel e XDiavel S da Ducati, já começaram a ser vendidas. Apresentada no Salão internacional de Milão em novembro do ano passado, ganhou o prêmio de ''A Mais Bela Moto'' entre todos os lançamentos mundiais.

Ela é uma cruiser com motor Ducati Testastretta de 1.262 cc L-Twin com comando de válvulas variável DVT, que despeja 156 cv @ 9500 rpm e tem um torque de 13,35 kgf.m @ 5.000 rpm, que se mantém até os 7.500.

A taxa de Compressão é de 13:1 e a relação diâmetro X curso do pistão é de 106 x 71,5 mm.
Abastecida, ela pesa 247 kg.
Tem câmbio de 6 marchas, a transmissão final por correa dentada, e tem embreagem deslizante.
injeção de combustível da Bosch e acelerador eletrônico, Ride by Wire.

Ducati XDiavel

Ducati XDiavel S

Tecnologicamente falando, vem com a Unidade de Medição Inercial da Bosch, que mede diversos recursos eletrônicos: O sistema lê a velocidade da roda, a inclinação da moto, pressão dos freios e aceleração… é chamado de “Cornering ABS. Tem controle de tração, controle de estabilidade, assistente para ladeiras, e em situação de frenagem forte, mantém a roda traseira no chão, e também a estabilidade no caso do piloto frear em uma curva, não deixa a moto escorregar; e não deixa a moto empinar sem querer no caso de uma aceleração brusca.

Piloto automático, 3 modos de pilotagem, e 8 níveis de controle de tração.
O chassi é em quadro de treliça de aço tubular.
Tem entre eixos longo e banco baixo.

Ducati XDiavel

Ducati XDiavel

Os freios são da Brembo, com 2 discos semiflutuantes de 320 mm na frente, pinças radiais monobloco com 4 pistões e cilindro mestre também radial. Na traseira, disco de 265 mm e pinça flutuante com 2 pistões.
As rodas tem aro 17” e os pneus são da Pirelli, modelo Diablo Rosso II.

Ducati XDiavel

Os garfos da suspensão dianteira são ajustáveis e têm 50 mm de diâmetro e curso de 120 mm.
Na suspensão traseira, monoamortecedor com ajuste de precarga de mola e retorno do amortecedor.

O trail é de 130 mm e o ângulo dos garfo de 30°.
O ângulo de inclinação máxima da moto é de 40°.

O Farol totalmente em LED; e os Botões de controles no guidão são iluminados

São 60 diferentes posições de pilotagem, já que o guidão tem 3 posições, as pedaleiras, outras 4 e o banco, 5 diferentes alturas, Para o, ou A garupa, tem 2 diferentes bancos e encosto.

O tanque tem capacidade para 18 litros de combustível.

Ducati XDiavel

A versão sem o “S” vem na cor preta fosca com quadro e rodas em grafite.
A “S” vem em preto brilhante, com com uma linha vermelha em cima do tanque, quadro cinza e rodas pretas. As rodas e o motor tem detalhes cromado.
Tem também conexão bluetooth com o celular, que você pode descarregar os dados de telemetria da sua viagem.
A versão “S” vem ainda com capas da correia usinadas, assento com um tecido diferenciado e os espelhos também de alumínio usinado.

A Ducati do Brasil está importando 70 unidades da XDiavel, sendo 20 do modelo “S”. E quer saber? As 20 já foram vendidas por 85.900 reais. Mas ainda tem a versão mais “simples”, se é que podemos falar assim, e está 74.900.

Ah! Os 50 primeiros compradores, ganharão um vale compra para roupas e acessórios da XDiavel. Um vale compras de 2.000 reais!

Elas têm 2 anos de garantia e as revisões são feitas a cada 15 mil km ou 1 ano.

Lembro que a Ducati está oficialmente no Brasil desde junho de 2013 e já tem 11 concessionárias, do nordeste ao sul do país.

Assista aqui ao vídeo ao vídeo de apresentação: